Windows 7 é aprovado por criador do Linux

por Marcos Nonaka*

Linus Torvalds em Simpósio sobre o Linux no Japão
O ídolo da comunidade Open Source estava no Japão participando de um Simpósio Nacional sobre Linux, quando foi arrastado por um fã até um estande da Microsoft, durante um intevalo nas palestras.

É claro que tudo não passou de uma brincadeira.

Linus Torvalds, fundador e desenvolvedor do sistema operacional Linux, foi bastante simpático e atendeu ao pedido do fã, posando em frente ao produto concorrente e fazendo um sinal de positivo. É uma foto que certamente entrará para a história de Linux e Microsoft.

Já Brian Croll, vice-presidente mundial de marketing de produto do Mac OS, sistema operacional da Apple, fez críticas diretas ao novo Windows, no dia de seu lançamento oficial.

Ele disse que consumidores podem migrar para a linha de computadores Mac, porque o novo sistema operacional da Microsoft, é “complexo e caro”, e classificou sua tecnologia como “antiquada”. Também afirmou que os usuários estão cansados das “dores de cabeça” causadas pelo produto concorrente.

Apple - Microsoft - Linux O executivo tem a expectativa de que alguns usuários desiludidos com o Windows migrem para a plataforma da Apple.

“Pensamos nisso como um tempo oportuno para pessoas procurarem por um Mac. Acreditamos que podemos fazer com que mais pessoas mudem.” Disse Brian Croll.

A briga é boa e quem mais tem a ganhar com isso é o consumidor, pois a disputa entre os desenvolvedores traz junto uma tendência de melhoria nos sistemas operacionais, visando sempre o usuário final.

Com várias opções disponíveis, entre Mac OS, Windows, Linux, Chrome OS e etc, a escolha ficará aberta para o que melhor atender as necessidades de cada utilizador.

Lição que a Microsoft parece ter levado para casa, após o fracasso comercial da versão Vista, ao envolver a sociedade na construção do Windows 7.

Isso também reforça a teoria da nova era, ou terceiro período computacional, que é marcada pela grande presença do usuário, enviando opiniões diretas sobre produtos e até participando em seu desenvolvimento, em alguns casos.

Leia também uma matéria sobre comparativo Linux e Windows, acessando os links abaixo.

Fontes: TechConnect Magazine e caderno Informática da Folha Online.

* Marcos Nonaka é editor, redator e escreve para a coluna de tecnologia e informática

Por que o Linux mesmo gratuito não supera o Windows? >>

Mais sobre tecnologia e informática >>

Página principal >>

9 comentários em “Windows 7 é aprovado por criador do Linux

    1. Bem observado, Flávio. O Chrome utilizará uma base Linux. Mas isso não quer dizer que Chrome e Linux serão um mesmo sistema operacional. Creio que o Google fez uma escolha certa em somente adaptá-lo às suas necessidades. Afinal, para que ter todo o trabalho de desenvolver um novo SO do zero, se existe um kernel consolidado em código aberto disponível?

  1. Acho legal a idéia de ter várias opções. Também acho que o Chrome OS pode incentivar uma melhor aceitação do Linux, que tem hoje menos de 1% dos usuários.

  2. “Mac Os disponivel como sistema operacional pra PC. Eu li errado?!”

    onde tá escrito que Mac está disponível pra pc? pelo o que entendi é uma entre as VÁRIAS OPÇÕES DISPONÍVEIS!! Mania de ler e não saber interpretar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *